Twitter sofre com desativação de contas em massa após Elon Musk comprar rede social

Diversas contas populares do Twitter tiveram uma queda no número de seguidores desde o anúncio da compra

Redação Publicado em 27/04/2022, às 10h21

None
Twitter (Foto: Bethany Clarke/Getty Images)

Twitter sofreu com uma desativação de contas em massa desde o anúncio de que o empresário Elon Musk comprou a plataforma por US$ 44 bilhões. Segundo relatório da NBC News, o número de seguidores de algumas das contas mais populares da rede social diminui drasticamente esta semana.

Entre as personalidades que mais sofreram com quedas estão Barack Obama, Katy Perry e Taylor Swift. Obama, quem é a pessoa mais seguida do Twitter, com 131,7 milhões, perdeu cerca de 300 mil seguidores desde segunda, 25. Perry, que tinha 108,8 milhões, perdeu 200 mil seguidores.

+++ LEIA MAIS: Elon Musk é eleito a Pessoa do Ano de 2021 pela revista Time

Twitter costuma derrubar contas falsas ou bots com frequência, o que pode representar uma queda no número de seguidores. No entanto, a empresa confirmou à NBC News que as desativações foram orgânicas e não automáticas. Ou seja, usuários estão voluntariamente desativando as contas.

Por outro lado, os seguidores de políticos e personalidades de direita aumentaram desde o anúncio da compra da rede social por Musk. De acordo com o relatório, Marjorie Taylor Greene, membro da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, ganhou 100 mil seguidores enquanto o presidente Jair Bolsonaro ganhou 90 mil desde segunda.

+++ LEIA MAIS: Grimes aparece lendo Manifesto Comunista após suposta separação de Elon Musk

“Meu forte senso intuitivo é que ter uma plataforma pública de máxima confiança e amplamente inclusiva é extremamente importante para o futuro da civilização; eu não me importo nada com a economia,” disse Musk durante uma conferência TED em Vancouver em 14 de abril.