Uma Thurman revela aborto na adolescência: 'Meu coração estava partido'

Uma Thurman também criticou lei de aborto do Texas

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 22/09/2021, às 09h49

None
Uma Thurman (Foto: Matthias Nareyek/Correspondente)

Uma Thurman revelou aborto na adolescência e recebeu elogios por criticar lei de aborto no Texas, em coluna de opinião para o The Washington Post, na qual compartilhou a própria experiência pessoal. A atriz de 51 anos revelou como foi engravidada por "um homem muito mais velho" quando adolescente, enquanto estava longe de casa e atuava na Europa.

Thurman também explicou como acompanhou "com grande tristeza e algo semelhante ao horror" a implementação da lei, a qual proíbe o aborto quando a atividade cardíaca fetal é detectada - isso acontece antes de muitas mulheres saberem da gravidez, segundo Independent.

+++LEIA MAIS: Uma Thurman corta o cabelo da filha e seguidores lembram de Pulp Fiction

"Vivia com uma mala na Europa, longe da minha família, e prestes a começar um trabalho. Lutei para descobrir o que fazer. Queria ficar com o bebê, mas como?", escreveu a artista. Uma Thurman explicou como foi decidido "como uma família" sobre ela não continuar com a gravidez e como a interrupção foi a escolha certa.

"Meu coração estava partido mesmo assim," continuou. "O aborto na adolescência foi a decisão mais difícil da minha vida, me angustiava e ainda hoje me entristece, mas foi o caminho para uma vida cheia de alegria e amor." Muitos fãs, como a ativista Renee Bracey Sherman, elogiaram Uma Thurman por compartilhar a história.

+++LEIA MAIS: 5 curiosidades sobre Uma Thurman: de Pulp Fiction a Broadway [LISTA]

"Obrigado por falar, Uma Thurman."

"Te adoro de todo coração e aplaudo sua força e gentileza."

+++LEIA MAIS: Quentin Tarantino revela a possibilidade de um terceiro filme de Kill Bill

"Excelente editorial de Uma Thurman sobre a abusiva e discriminatória lei de aborto do Texas."