What If...?: Série animada prepara o MCU para Vingadores 5?

Roteirista de What If...? falou sobre a possibilidade dos eventos da série servirem como base para um novo filme dos Vingadores

Mariana Rodrigues (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 05/10/2021, às 20h39

None
Cena de What If...? (Foto: Divulgação/Marvel)

Roteirista de What If…? (2021), AC Bradley falou que a série animada não foi feita para preparar o MCU para Vingadores 5. Explorando o multiverso, a produção mostra os heróis e vilões da Marvel em situações diferentes das estabelecidas nos filmes e séries até agora. (via Screen Rant)

Por conta das semelhanças de alguns eventos em What If…? com as produções da Fase 4 do MCU, muitos fãs especularam a possibilidade de um novo filme dos Vingadores que desse continuidade ao programa. No entanto, Bradley negou as teorias em entrevista ao EW, dizendo que o objetivo da série é entreter e celebrar o significado dos heróis.

+++ LEIA MAIS: What If…?: Seth Green quer episódios sobre Howard, o Pato

“Não somos um programa projetado para criar Vingadores 5. É para ser apenas sobre entretenimento e o que esses heróis significam para nós. Quando aceitei o emprego, uma das minhas regras era sermos livres,” explicou.

“Estamos no multiverso — devemos ser tão livres quanto podemos e ir e correr para a selva, para as histórias que os filmes nunca farão, para as histórias que os programas de TV nunca farão, e mostrar à Disney e aos fãs todas as possibilidades desses personagens.”

+++ LEIA MAIS: What If…?: Episódio sobre zumbis pode ganhar live-action, revela Mark Millar

Apesar de What If…?ser considerado cânone, graças ao multiverso os criadores tiveram liberdade para trabalhar com diferentes histórias que não necessariamente precisam se relacionar com futuras produções do MCU. No entanto, essa mesma temática será explorada nos próximos lançamentos da Marvel como Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa (2021) e Doutor Estranho no Multiverso da Loucura (2022).

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por What If…? (@whatif)