Billy Corgan já escreveu mil páginas de autobiografia (e ainda não acabou)