Crítica: irretocável em termos de produção, Melodrama, de Lorde, é fantasticamente íntimo