"É entretenimento. Não estamos tentando promover a violência", diz produtor do novo Call of Duty