“É impossível não pensar em uma torcida de futebol ao tocar no Brasil”, diz baterista do The National