Fernanda Abreu superou uma separação e a morte da mãe para lançar o primeiro disco de inéditas em mais de uma década