"Faça-se luz", diz o Gogol Bordello