Maior mobilização no país desde 1992 mostra que é possível ocupar as ruas em paz e com um espírito puramente libertário