Paul McCartney relembra episódio aterrorizante após assassinato de John Lennon