Uma visita a Colniza, a cidade mais violenta do Brasil