Purple em 74 (<i>Da esq. para a dir.</i>) Blackmore, Ian Paice, Hughes, Coverdale e Jon Lord

RELANÇAMENTOS

Guias / CDs - Redação Publicado em 10/05/2009, às 08h07 - Atualizado em 12/05/2009, às 15h34

Deep Purple

Stormbringer

EMI

A influência funk do vocalista David Coverdale e do baixista e vocalista Glenn Hughes, que substituíram Ian Gillan e Roger Glover, ficaria mais clara em Stormbringer que no anterior Burn, ambos de 1974. “Love Don’t Mean A Thing” e “Hold On” são funk rocks tão mais funk que rock que, dizem, originaram a saída do mestre guitarrista Richie Blackmore. Nesta edição de gala, com as versões originais, mais as emasterizadas por Hughes, mais um CD bônus em 5.1 e um livrinho simpático, não faltam, claro, dois dos grandes clássicos do Purple e do heavy metal, sem nada de black music que não seja a influência do blues, essa sim a música do diabo: a faixa-título e “Lady Double Dealer”.

RICARDO FRANCA CRUZ

Últimos Guias CDs