Em foto recente, Saxon passeia por Sunset Strip
DIVULGAÇÃO

ACERVO PESSOAL

Guias / CDs - Redação Publicado em 06/08/2009, às 11h31 - Atualizado às 11h31

O Rei da Garagem

No dia 25 de junho, como todos sabem, morreu Michael Jackson. Ok, todo mundo conhecia o falecido Rei do Pop, mas alguém já ouviu falar de Sky Saxon? Ele também se foi no mesmo dia. Mas pouca gente hoje em dia se lembra dele. Saxon, que tinha 71 anos, era o artista cult por excelência. Sua breve notoriedade junto ao mundo mainstream aconteceu na metade dos anos 60, quando ele liderou a banda The Seeds. Nascido Richard Elvern Marsh, o vocalista mudou seu nome para Sky Saxon no começo dos anos 60 e se notabilizou por ser um dos primeiros freaks da Sunset Strip, viajando direto em LSD. Quando fundou o The Seeds, Saxon juntou a sonoridade de bandas britânicas com a crueza do som de garagem e o nascente psicodelismo. “Can’t Seem to Make You Mine” e “Pushin’ Too Hard” foram grandes sucessos e se tornaram clássicos do gênero. Mas logo depois disso Saxon dissolveu a banda original. Seus projetos seguintes não alcançaram o grande público, embora Saxon sempre estivesse na ativa. No ano passado, ele chegou a gravar com Billy Corgan, do Smashing Pumpkins. Para apreciar o som de Saxon e do The Seeds, é recomendado ouvir os álbuns The Seeds (1966) e A Web of Sound (1967).

POR PAULO CAVALCANTI

Últimos Guias CDs