O Union Gap. Gary Puckett é o primeiro à direita

ACERVO PESSOAL

Guias / CDs - Redação Publicado em 03/09/2009, às 10h18 - Atualizado às 10h19

O Poder das Baladas

Um dos grupos de maior sucesso da segunda metade dos anos 60 foi Gary Puckett & The Union Gap. O forte da banda eram as baladas dramáticas, realçadas pelo barítono poderoso de Puckett e pela produção de Jerry Fuller. Gary Puckett e seus companheiros tiveram três anos de enorme sucesso, estourando no período 1967-70. Os membros vieram de diversas partes dos EUA, mas, depois que se fixaram em San Diego, assinaram contrato com a Columbia. O primeiro single, “Woman Woman”, foi lançado em 1967 e chegou ao Top Five. Em 1968 veio “Young Girl”, o maior hit da trupe. A canção, que falava da paixão de um rapaz por uma garota menor de idade, chegou a causar polêmica na época e hoje em dia é considerada politicamente incorreta, embora seja presença obrigatória em rádios oldie. A lista de hits seguiu com “Lady Willpower”, “Over You” e “Don’t Give in to Him”. Mas depois de “This Girl Is a Woman Now”, Gary Puckett não conseguiu mais chegar ao Top Ten. A banda foi dissolvida e os discos solo do cantor fracassaram. O vocalista continua ativo no circuito de nostalgia dos Estados Unidos. A compilação Looking Glass (Sony/Legacy) é a melhor opção para relembrar os reis da rádio AM dos anos 60. O selo BGO colocou no mercado os álbuns de série da banda.

POR PAULO CAVALCANTI

Últimos Guias CDs