Tua, Maria Bethânia
DIVULGAÇÃO

Profissão de Amor e Fé

Guias / CDs - Redação Publicado em 05/11/2009, às 13h03 - Atualizado às 13h03

Maria Bethânia

Tua

Quitandinha/Biscoito Fino

A intérprete baiana dá sequência a sua boa e prolífica fase com dois discos distintos

Maria Bethânia repete a fórmula de 2006, quando lançou simultaneamente Pirata e Mar de Sofia e vem com Tua e Encanteria, estes por seu selo, o Quitanda, que é distribuído pela Biscoito Fino. Os discos falam respectivamente de amor e fé. A abordagem do amor em Tua é serena. As canções, todas inéditas, não falam de grandes arroubos, mas sim do amor sereno, que traz paz mesmo quando não se concretiza. É, de certa forma, um retrato do estado de espírito da cantora. Bethânia retrata o sentimento com delicadeza através de belos temas como “É o Amor Outra Vez” (Dori Caymmi/Paulo César Pinheiro), “Remanso” (Moacyr Luz/Aldir Blanc) e “Saudade” (Chico César/Paulinho Moska), dueto com Lenine. Outro dado marcante da personalidade da artista, a fé, dá o mote de ,Encanteria. Embora seja extremamente religiosa, a fé abordada por Bethânia aqui vai além da simples religiosidade, passando também pela crença no ser humano e no amor. Ela dá leituras emocionadas a canções como “Saudade Dela” (Roberto Mendes/Nizaldo Costa), com participação de Caetano Veloso e Gilberto Gil, “Estrela” (Vander Lee), “Doce Viola” (Jaime Alem), “Santa Bárbara” (Roque Ferreira) e “Sete Trovas” (Consuelo de Paula/Etel Frota/ Rubens Nogueira). Maria Bethânia sabe extrair de cada verso suas exatas intenções. É isso que a faz uma de nossas mais completas intérpretes

POR TONINHO SPESSOTO

Últimos Guias CDs