O ex-titã Ciro Pessoa embarca no psicodelismo
Divulgação

RS OUVIU

Guias / CDs - Redação Publicado em 06/08/2010, às 04h51 - Atualizado às 04h55

Ciro Pessoa fez parte de uma das primeiras formações do Titãs (ele é um dos autores do hit “Sonífera Ilha) e ainda nos anos 80 fundou o cultuado grupo Cabine C. Ele não grava com muita regularidade, por isso vale a pena ouvir Em Dia com a Rebeldia (Rosa Celeste). Sombrio e atmosférico, o álbum tem um quê de psicodelismo em sua sonoridade e as letras são pessoais, surreais e poéticas. Dentre as faixas, destaque para “Praia de Marfim” e “Despejar”.

O pop/rock feito na Bahia vem revelando novos nomes. Agora é a vez de David Zew, que vem com Tudo Vai Mudar, lançamento independente. O álbum tem letras românticas, pitadas do som dos anos 80 e de música eletrônica, soando bem contemporâneo. O CD foi produzido por Andre T. e Fábio Cascadura.

Mauro Aguiar ficou conhecido por causa de sua parceria com Guinga. Agora ele salta para outro lado e mostra que também é cantor. Transeunte (Biscoito Fino) tem uma penca de convidados interessantes, como Paula Santoro, Marianna Leporace, Edu Krieker e o próprio Guinga. São 14 faixas que transitam pela MPB, pelo samba moderno e até pela música regional. “Temporã”, “Canária na Área” e “Baião da Guanabara” são algumas das canções.

Últimos Guias CDs