Divulgação

R.E.M.

Guias / CDs - Redação Publicado em 05/04/2011, às 16h48 - Atualizado às 16h48

R.E.M.

Collapse into Now

Warner Music

Trio não perde o pique em coleção de canções acima da média

A banda de michael stipe parece ter despertado definitivamente de uma zona de conforto que se estabeleceu no início dos anos 00, logo após o lançamento de Reveal (2001), que desprezava o punch da banda em favor de uma vazia busca por novos sons. Isso mudou com Accelerate (2008), que foi saudado por fãs, críticos e pelos próprios integrantes como um retorno ao som mais cru e pesado, algo que eles talvez nunca tenham feito, salvo em exceções pontuais no início da carreira. Collapse into Now mostra um R.E.M. mais familiar aos fãs, retornando igualmente a um passado autorreferencial centrado sobretudo no início dos anos 90, quando a banda viveu seu pico de popularidade. Há ecos dos dois trabalhos opostos do grupo, Out of Time (1991) e Automatic for the People (1992), ou seja, há um certo conflito estético e muita, muita nostalgia. Se Accelerate era nostálgico pela recuperação da vontade irresponsável de fazer rock simples, este novo disco também olha pro passado com saudade das dúvidas e das tristezas que temos quando estamos descobrindo como as coisas funcionam. Collapse into Now tem, pelo menos, um clássico instantâneo: “Everyday Is Yours to Win”, com melodia tristonha e corais redentores. A beleza de “It Happened Today”, com vocais discretos de Eddie Vedder, e a coda instrumental em que desemboca a faixa de encerramento, “Blue”, também são sinais evidentes de que o R.E.M. tem muita lenha pra queimar.

CARLOS EDUARDO LIMA

Últimos Guias CDs