Divulgação

Ben Harper

Guias / CDs - Redação Publicado em 08/07/2011, às 10h13 - Atualizado às 10h13

Ben Harper

Give Till It’s Gone

EMI

Cantor e guitarrista faz um apanhado de seu trabalho e chove no molhado

Usando o grupo Relentless7 como mão-de- -obra, Give Till It’s Gone não tem a consistência dos discos que Ben Harper fazia com o Innocent Criminals – como Lifeline (2007), por exemplo – e sofre de uma total e absoluta falta de foco. Em vez de um álbum, parece que Harper tentou compor um portfólio. “Don’t Give Up on Me Now” é mais uma de suas muitas baladas com acento soul. A faixa tem daqueles seus típicos refrãos mântricos, quase motivacionais, assim como “I Will Not Be Broken”, na qual, pela enésima vez, emula as entonações de Bob Marley. Em “Rock n’ Roll Is Free” e em tantas outras, até mesmo os seus solos de Weissenborn (tipo de guitarra lap steel) soam desgastados. “Clearly Severely” poderia muito bem estar em White Lies for Dark Times (2009), álbum assumidamente rock and roll, inferior ao grosso de sua obra, mas que ainda tinha identidade. Give Till It’s Gone não chega a ser um disco ruim, mas, para quem está familiarizado com a obra de Harper, é totalmente dispensável.

CARLOS MESSIAS

Últimos Guias CDs