Divulgação

Neil Young

Guias / CDs - Redação Publicado em 08/07/2011, às 10h42 - Atualizado às 10h46

Neil Young

A Treasure

Warner

Bardo canadense volta em gravações inéditas feitas ao vivo nos anos 80

No início dos anos 80, Neil Young encarnava personas musicais distintas de um disco pra outro e chegou a sofrer um processo por parte da Geffen Records por “falta de personalidade musical”. Lendas à parte, Young lançou um disco country em 1985, chamado Old Ways, que sucedeu Trans, um disco eletrônico, e Re-ac-tor, um álbum de hard rock, feitos em um espaço de dois anos. É da turnê de lançamento de Old Ways que vêm as faixas de A Treasure, devidamente embaladas pelo clima tradicional que estava na ordem do dia. A banda que acompanha Young, chamada International Harvesters, dá peso e colorido às composições. O grande “tesouro” está nas cinco faixas inéditas, sobretudo na abertura comovente de “Amber Jean”, feita em homenagem à filha de Young, e na beleza de “Grey Riders”, até então pertencente ao repertório solo da banda mais famosa de apoio de Neil Young, o Crazy Horse. Este registro ao vivo mostra a eficiência do combo country arregimentado pelo homem nessa ocasião, além de promover uma nova visão daquele que é considerado o período menos criativo de sua carreira.

CARLOS EDUARDO LIMA

Últimos Guias CDs