Ritchie
divulgação

60

Ritchie

Guias / CDs - MAURO FERREIRA Publicado em 13/04/2012, às 10h52 - Atualizado às 10h54

Cantor revolve seus tempos de menino inglês

60 é o afetivo acerto de contas de Ritchie com a memória musical de seus tempos de menino inglês. Internado em colégios britânicos, o futuro astro pop brasileiro dos anos 80 aplicava em si mesmo o pop rock dos 60 como antídoto contra o tédio adolescente. Aos 60 anos, o cantor lança CD com covers do universo pop da década como antídoto para a estagnação de sua produção fonográfica. Garoto que amou os Beatles e os Rolling Stones, Ritchie descarta em 60 esses grupos emblemáticos para dar voz a temas propagados em escala não tão universal por nomes hoje pouco lembrados como Gerry and the Peacemakers (“Don’t Let the Sun Catch You Crying”, hit em 1964) e Donovan (“Sunshine Superman”, folk psicodélico de 1966). Há em 60 um ou outro rock, como “Summer in the City” (The Lovin’ Spoonful, 1966), mas o universo do CD gravita quase sempre em torno de baladas adornadas com cordas. Reverente, Ritchie preserva harmonias, melodias e melancolias destas gemas do pop dos 60, abordado em sua face mais comportada. O veneno aplicado pelo menino hoje já é mais suave, mas faz efeito.

Fonte: Pop Songs

Últimos Guias CDs