Alaíde Costa - Canta Milton - Amor Amigo

Guias / CDs - Redação Publicado em 07/01/2009, às 18h24 - Atualizado às 18h30

Alaíde Costa

Canta Milton – Amor Amigo

Lua Music

Veterana intérprete presta sua homenagem à obra do mineiro

O que mais acontece com um cantor, novato ou veterano, que se põe a reler algum autor clássico da MPB é ele tropeçar na armadilha do excesso de respeito. As versões "modernas" acabam por se mostrar milênios mais velhas que as originais, de 30, 40, 50 anos atrás. Ao menos até que alguém prove o contrário, ainda não houve quem fizesse da obra de Jobim algo mais moderno do que as gravações de João Gilberto (ou do próprio Tom), nenhum álbum dedicado a Cartola é melhor que os discos de Cartola, todas as homenagens a Chico Buarque estão mil quilômetros aquém das versões originais, muita delas feitas na voz pequena do próprio Chico. Alaíde, cantora de voz um tanto específica mas inegavelmente musical, não é uma aventureira. Tem propriedade para pintar e bordar sobre a obra monumental de Milton Nascimento. Poderia ter feito um álbum deslumbrante. Se não fez, foi mais por conta do desequilíbrio que se estabeleceu entre a genialidade descontrolada das canções versus os novos arranjos, bonzinhos e "chiques" demais. Mas há que se ouvir suas gravações para as inesperadas "Carta a um Jovem Ator (River Phoenix)" e "Viola Violar", em que o homenageado faz participação.

Marcus Preto

Últimos Guias CDs