Beirut, album Gulag Orkestar.

Beirut

Guias / CDs - Redação Publicado em 10/07/2009, às 14h56 - Atualizado às 15h03

Beirut

Gulag Orkestar

EMI

Disco de estreia chega ao Brasil com três anos de atraso, acompanhado de EP

Depois de considerável sucesso comercial e fervorosas críticas positivas no seu ano de lançamento (2006), o primeiro álbum do Beirut finalmente é lançado no Brasil. E, nos atuais tempos da música pop, em que ondas se dissipam antes mesmo de atingirem a arrebentação, o álbum tem o mérito de permanecer contundente e atual. A alcunha encontrada para designar o som do grupo foi “neobalcânico”, já que combina o folk do Leste Europeu com vocais e melodia pop. Eles partem de uma receita similar à do festivo Gogol Bordello, porém embaralham as cores da música cigana, expondo seu matiz menos colorido. Os belos arranjos de sopro, cordas, percussões, teclados e acordeom transitam por uma esfera mais introspectiva e os angustiados vocais de Zach Condon – na época, com 23 anos – não guardam pouca semelhança com as entonações de Thom Yorke no Radiohead. O lançamento nacional vem acompanhado do EP Lon Gisland, de 2007, que traz cinco faixas – entre elas “Elephant Gun”, tema da minissérie Capitu – menos épicas, mas ainda assim primorosas. Um lançamento e tanto para o acanhado mercado brasileiro, que agora só fica em débito com outros dois CDs que o Beirut lançou depois deste.

POR CARLOS MESSIAS

Últimos Guias CDs