Dinho Ouro Preto
divulgação

Black Heart

Dinho Ouro Preto

Guias / CDs - BRUNO RAPHAEL Publicado em 13/04/2012, às 10h54 - Atualizado às 10h57

Sem grandes surpresas, vocalista do Capital Inicial recicla hits alheios

Em seu terceiro disco solo, Dinho Ouro Preto mostra que fica melhor quando acompanhado do restante do Capital Inicial. Feito exclusivamente de covers, Black Heart revisita hits de outros grupos oitentistas que influenciaram o artista, como Smiths e Joy Division, e outros mais recentes, caso de Raconteurs e Muse. Mesmo com uma escolha de repertório diversificada, Dinho raramente sai do lugar comum com músicas como “Nothing Compares 2U” de Sinéad O’ Connor, escolhida como o primeiro single do disco. “Hallelujah” e “Suspicious Minds”, canções de Leonard Cohen e Elvis Presley, músicos barítonos por essência, não têm o mesmo efeito na voz do vocalista do Capital Inicial, que já se saiu melhor em covers como “O Passageiro” (“The Passenger”, de Iggy Pop) ou até mesmo “Primeiros Erros”, de Kiko Zambianchi. Ainda assim há bons momentos, como as versões de “Love Will Tear Us Apart” e “Hard Sun”, que revelam aos fãs uma nova faceta do vocalista.

Fonte: Sony

Últimos Guias CDs