Blues of Desperation

Blues of Desperation

Joe Bonamassa

Guias / CDs - Paulo Cavalcanti Publicado em 22/07/2016, às 00h35 - Atualizado em 27/09/2016, às 14h00

Em Different Shades of Blue (2014), Joe Bonamassa já antecipava que iria expandir cada vez mais o blues. Na verdade, o músico sempre rumou nessa direção. Este lançamento segue como uma celebração da música do sul dos Estados Unidos – o som é de raiz, mas sem ranço conservador. Blues of Desperation abre de maneira furiosa com “This Train”, um swamp rock que avança como uma locomotiva; Bonamassa se assemelha a um John Fogerty (Creedence Clearwater Revival) ainda mais possuído. “Mountain Climbing” dá sequência ao som pantanoso, com um coral feminino que confere um toque gospel à faixa. O músico desacelera o passo na atmosférica “Drive”, um passeio pelos vales e estradas de Nova Orleans. Já o boogie “You Left Me Nothin’ But the Bill and the Blues” tem uma pegada mais convencional. O pico de Blues of Desperation é “Distant Lonesome Train”, ameaçadora e repleta de imagens demoníacas. As construções melódicas das faixas e os vocais expressivos que ele imprime a elas são magníficos, mas grande parte do apelo de Bonamassa vem dos inventivos solos que ele tira da guitarra.

Fonte: Voice Music

Últimos Guias CDs