Caixa Eller

Caixa Eller

Cássia Eller

Guias / CDs - MAURO FERREIRA Publicado em 09/12/2011, às 15h23 - Atualizado às 15h27

Onze anos separam o álbum que lançou Cássia Eller para público reduzido (Cássia Eller, 1990) do derradeiro disco consumido por multidões (Acústico MTV, 2001) no ano em que a cantora saiu precocemente de cena. Produzida pela Universal Music para lembrar os dez anos de morte de Cássia, Caixa Eller embala os oito álbuns oficiais da artista, o póstumo Dez de Dezembro (2002) e o DVD Violões (2010). A intérprete indomada e underground de discos como O Marginal (1992) acabou

se deixando enquadrar na moldura pop a partir de 1994 com Cássia Eller, que trouxe as gravações originais de “Malandragem” e “E.C.T.” A ponte para o pop seria cruzada de forma definitiva em Com Você... Meu Mundo Ficaria Completo (1999), quando a cantora passou a dar voz a Nando Reis. Em qualquer via, a voz de trovão de Cássia nunca perdeu a contundência. O pesado Veneno Vivo (1998), registro do show inspirado no disco Veneno Antimonotonia (1997), em que Cássia reavivou com personalidade a obra de Cazuza, é a prova que Cássia nunca deixou se domesticar por completo.

Fonte: Universal

Últimos Guias CDs