Obra de Guinga e Paulo César Pinheiro é valorizada em bom CD.
Divulgação

Corpo de Baile

Mônica Salmaso

Guias / CDs - Mauro Ferreira Publicado em 15/08/2014, às 12h14 - Atualizado às 12h24

Intérprete de rigores eruditos, Mônica Salmaso encontra na parceria dos compositores cariocas Guinga e Paulo César Pinheiro o veículo ideal para o exercício de seu canto depurado. Corpo de Baile se escora em um encontro de perfeições: a da obra, a da voz e a dos arranjos confeccionados por virtuoses como Dori Caymmi, Nailor Proveta e Nelson Ayres. O CD alinha 14 títulos da longínqua parceria dos artesãos da canção, lapidada nos anos 1970. Cinco músicas permaneciam inéditas em disco, caso de “Fim dos Tempos”, transformada por Mônica em uma peça de câmara. “Navegante”, outra bela inédita, soa como fado de além-mar, cultuando Lisboa e uma paixão deixada no cais da solidão. O clima europeu também ambienta a valsa “Nonsense”. Já “Violada” se embrenha em ritmo agalopado pelo Brasil caipira no toque da viola. Lançada por Elis Regina em 1979, em dueto com Cauby Peixoto, “Bolero de Satã” situa para o público essa parceria agora valorizada pelo canto preciso de Mônica Salmaso.

Fonte: Biscoito Fino

Últimos Guias CDs