Fernando Temporão

De Dentro da Gaveta da Alma da Gente

Fernando Temporão

Guias / CDs - Pedro Antunes Publicado em 14/01/2014, às 03h20 - Atualizado às 03h23

Desprendido das amarras do samba, artista se redescobre no pop

Não há tempo ruim para Fernando Temporão. Distante do pop chuvoso, tempestivo e melancólico, o músico traz a luminosidade da Lapa carioca. Criado nas rodas de samba e amadurecido em trabalhos com a banda Sereno da Madrugada e com a dupla formada com João Callado, Temporão desponta enfim como artista solo com De Dentro da Gaveta da Alma da Gente, um trabalho com a produção experiente de Kassin e Alberto Continentino. Classudo e alto -astral, o disco se aproxima da estética de raiz do pop, sem desandar pelo estereótipo do compositor-de-coração-partido. Pelo contrário, os versos de Temporão são pílulas com mensagens otimistas. É como a ironia do título de “Melancholica”, que funciona como aquele ombro amigo. “Vamos ali na esquina abrir um bar/ Já de manhã cedo?”, ele sugere.

Fonte: Independente

Últimos Guias CDs