Fernanda Porto, Auto.Retrato

Fernanda Porto

Guias / CDs - Redação Publicado em 10/07/2009, às 15h51 - Atualizado às 15h51

Fernanda Porto

Auto.Retrato

EMI

Cantora foge da fórmula drum ’n’ bass + samba e abre o leque sonoro

Auto.retrato é o terceiro CD de inéditas da multi-instrumentista Fernanda Porto e a mistura de samba e drum ’n’ bass, que marcou sua carreira, é deixada um pouco de lado. O leque de opções aumenta bastante quando Fernanda Porto mostra que não só conhece como também sabe como fazer break beat (“Agora É Minha Vez”), house music (“Cidade sem Fim”) ou ainda o downtempo (“Conte-Me Tudo). É um álbum que consegue intercalar pista, sons para FM e lounge – dá até para mudar a ordem das músicas e montar pequenos blocos para usar numa festa, tranquilamente. Ao contrário do trabalho anterior, Giramundo, Auto.Retrato é um álbum de poucos músicos. Chistianne Neves é responsável por alguns arranjos e programações (entre elas, a radiofônica “Tinha que Acontecer”) e Márcio Forte responde pela percussão em três faixas. Todo o resto fica para Fernanda Porto. E um CD somente com remixes deve aparecer em breve, além de faixas exclusivas no site oficial da cantora.

POR MARCOS LAURO

Últimos Guias CDs