-
divulgação

Give Me My Change

Young Hines

Guias / CDs - Murilo Basso Publicado em 14/05/2012, às 13h26 - Atualizado às 13h32

Músico apadrinhado por Brendan Benson se sai bem em disco de estreia

Se a cada mês surge alguém rotulado como “salvador da música pop”, em Abril esse “fardo” deve ir para Young Hines. Ainda em Chicago, ao tentar iniciar sua carreira, o músico recebeu um e-mail de Brendan Benson (Raconteurs), que tinha acabado de fundar sua própria gravadora, a Readymade Records. Pouco tempo depois Hines estava morando em Nashville e gravando sob a tutela de Benson. “Young Again” abre o disco, e, com menos de um minuto de duração, mostra um quase blues, mas que ainda soa incompleto. “Give Me My Change”, primeiro single e faixa-título, lembra os melhores momentos de Jack White com o White Stripes. “Don’t Break My Fall” poderia facilmente estar em um disco de Elliott Smith. Há ainda as explosivas “No One Knows” e “Can’t Explode” e a suave “Rainy Day” paga tributo aos Beatles. A folk “Forever Young” fecha o disco reforçando a sensação de que Young Hines pode ser um dos músicos mais talentosos destes tempos vindouros. Que venha o segundo disco.

Fonte: Readymade Records

Últimos Guias CDs