Alanis Morissette
divulgação

Havoc and Bright Lights

Alanis Morissette

Guias / CDs - Bruna Veloso Publicado em 10/08/2012, às 14h30 - Atualizado às 14h31

Cantora amplia os temas, incluindo a maternidade

“Um dia, eu estarei em paz, eu estarei iluminada, estarei casada, com filhos”: esse é um trecho um tanto profético de “Incomplete”, a faixa que fecha o disco Flavors of Entanglement (2008), o último de Alanis. O que a cantora desejou nos versos se tornou verdade nestes quatro anos que separam o trabalho anterior de Havoc and Bright Lights, provavelmente o álbum mais diversificado da cantora em termos de letras. A maternidade influenciou diretamente o primeiro single, “Guardian”, cujo refrão foi escrito por Alanis para o filho, Ever. O marido também foi homenageado, com a música “‘Til You”. Mas embora seja intensificado esse lado amoroso da artista, versos ácidos não deixam de existir, como em “Celebrity”, uma crítica clara à busca desenfreada pela fama, “Woman Down”, sobre os “woman haters”, e “Numb”, que parece se opor à necessidade constante de entorpecimento da sociedade na qual vivemos hoje. Guy Sigsworth, que produziu o disco anterior, se uniu desta vez a Joe Chiccarelli, o que promoveu um bem-vindo equilíbrio entre efeitos eletrônicos e guitarras – estas, aliás, têm momentos de destaque, mas brilham mesmo a sempre presente perspicácia como compositora e os bons refrãos, como na ótima “Lens”, um exemplo da melhor forma de Alanis.

Fonte: Lab344

Últimos Guias CDs