Pixies

Indie Cindy

Pixies

Guias / CDs - MURILO BASSO Publicado em 15/05/2014, às 00h49 - Atualizado às 00h56

Banda junta EP s para formar um álbum “de verdade”

Indie Cindy não tem novidades: o CD reúne canções dos três EPs digitais lançados pelo Pixies nos últimos meses. O irônico é que, mesmo com conteúdo r eciclado, pode ser considerado como o primeiro álbum “cheio” desde Trompe Le Monde (1991), quando a banda ainda tocava com a baixista Kim Deal. Indie Cindy traz apenas composições de Black Francis; a produção ficou com Gil Norton, que trabalhou com a banda em todos os álbuns clássicos. Aqui, a energia de canções mais diretas, como “What Goes Boom” e “Bagboy”, se contrapõe à de outras faixas apoiadas no alt-pop. Black Francis deixa a marca como letrista em momentos que vão da introspecção de “Green and Blues” ao otimismo de “Jamie Bravo”, e nisso utiliza camadas de referências pop. Ao final de Indie Cindy, não se nota uma conclusão. Mesmo assim, o álbum é um novo capítulo de uma banda que ainda consegue se manter sobre as duas pernas após quase três décadas na estrada.

Fonte: Lab344

Últimos Guias CDs