-

Mulheres de Péricles

Vários

Guias / CDs - Pedro Henrique Araújo Publicado em 11/01/2013, às 16h33 - Atualizado às 16h37

Compositor é homenageado por um time de cantoras contemporâneas

Tulipa Ruiz, Céu, Nina Becker, Mallu Magalhães, Karina Buhr, Laura Lavieri, Iara Rennó, Tiê, Juliana Kehl, Juliana Perdigão, Bárbara Eugênia, Blubell, Ava Rocha, Marietta Vital, Mairah Rocha, Anelis e Serena Assumpção. Sem dúvida, um time impecável. Essas são as mulheres que dão voz e beleza à obra de Péricles Cavalcanti, cantor e compositor carioca radicado em São Paulo. A ideia saiu da cabeça inquieta do DJ e produtor Zé Pedro, que reuniu em 15 faixas 17 nomes para cantar, ao seu modo, canções como “Blues”, “O Céu e o Som” e “Nossa Bagdá”. Em “Porto Alegre (Nos Braços de Calipso)”, Tulipa Ruiz faz uma versão eletrônica e dançante para a canção com arranjos, produção e todos os instrumentos tocados pelo irmão Gustavo Ruiz. “Blues” poderia entrar facilmente dentro do disco Vagarosa da cantora Céu, a escolhida aqui para cantá-la. Produzida por Victor Rice, a faixa ganhou uma roupagem mais lenta, com marcante levada de reggae. “Negro Amor”, tradução feita por Péricles em parceria com Caetano Veloso para a canção “It’s All Over Now, Babe Blue”, de Bob Dylan, ficou com uma pegada rock and roll na voz de Karina Buhr. As irmãs Anelis e Serena Assumpção se tornaram responsáveis por uma calma e bonita interpretação para “Eva e Eu”, que ganhou arranjos e mixagem de Pipo Pegoraro. O resultado final são 15 belas homenagens para um talentoso, mas nem sempre reconhecido, artesão da música popular brasileira.

Fonte: Joia Moderna

Últimos Guias CDs