Músicas para Churrasco Vol. II

Músicas para Churrasco Vol. II

Seu Jorge

Guias / CDs - Marcos Lauro Publicado em 22/04/2015, às 12h25 - Atualizado às 12h40

A música de Seu Jorge, desde a época do grupo Farofa Carioca, inspira festas, churrascadas e afins. Até em algumas baladas o ouvinte sente aquele clima de trilha sonora de encontro entre amigos, aquele som que não atrapalha o papo e ainda provoca uns batuques involuntários na mesa. Em 2011, o artista assumiu essa veia quando lançou Músicas para Churrasco Vol. I, que rendeu hits como “Amiga da Minha Mulher” e “Quem Não Quer Sou Eu”. Quase quatro anos depois, o cantor, atualmente radicado nos Estados Unidos, retorna à fórmula com Músicas para Churrasco Vol. II. Na produção, o mesmo Mario Caldato Jr. do disco antecessor. A capa e o encarte, com cores fortes e fotos tanto de Seu Jorge quanto dos ingredientes facilmente encontrados em um bom churrasco, têm projeto gráfico de Vik Muniz. Cartazes de promoções em supermercados e açougues serviram como inspiração.

Nas letras, os assuntos giram em torno de mulheres e a noitada propriamente dita. “Ela é Bipolar” fala, de forma bem- -humorada, sobre uma mulher um tanto quanto instável emocionalmente.

“Mina Feia”, de nome autoexplicativo, traz o mantra “a beleza está dentro de você” para acalmar os ânimos da destinatária da mensagem. Seu Jorge não tem pudores para falar inclusive sobre depilação feminina, em “Faixa de Contorno”, que já ganhou uma versão intimista na internet. O primeiro single retirado do disco é “Motoboy”, uma homenagem a esse profissional tão importante quanto marginalizado nas grandes cidades. Entre as baladas,

“Babydoll” traz uma belíssima base de órgão Hammond e piano Rhodes para Seu Jorge criar um clima. “Everybody

Let’s Go”, que já havia saído na voz de Paula Lima, fecha o disco de forma descontraída.

Apesar dos quase quatro anos de intervalo em relação ao disco anterior (sem contar o Músicas para Churrasco ao Vivo, lançado em 2012), esse trabalho foi gravado rapidamente: foram cinco dias em São Paulo e um em Los Angeles, onde o disco também foi mixado e masterizado. Seu Jorge se dá bem nessa fórmula e brinca bastante com os vocais, abusando do grave em algumas canções mais tranquilas. O som está calcado na percussão de Pretinho da Serrinha e Jorge Quininho, mas a banda chega a 13 músicos em algumas faixas (incluindo DJ Cia – o integrante do grupo paulistano de rap RZO e que também excursiona com os Racionais MC’s é responsável

por alguns efeitos nesse trabalho).

Músicas para Churrasco Vol. II serve, sim, para animar o encontro entre amigos. Mas, também, como trilha de fundo naqueles momentos em que você só quer ver o tempo passar, sem maiores preocupações.

Fonte: Universal Music

Últimos Guias CDs