OQuadro
Divulgação

OQuadro

OQuadro

Guias / CDs - Marcos Lauro Publicado em 14/12/2012, às 16h49 - Atualizado às 16h52

Em disco de estreia, grupo de rap tem até Guilherme Arantes nos vocais

O rap tem sido cada vez mais plural e o diálogo com outros movimentos e ritmos aumenta conforme o movimento ganha força. E vem da Bahia o mais recente exemplo dessa mistura, aqui, especialmente, com ritmos jamaicanos e africanos, berços da cultura hip-hop. O rap d’OQuadro tem banda: três vocalistas, baixo, bateria, guitarra, sintetizador e percussão. E recebe mais três vozes para reforçar as misturas. O grafi teiro e MC Dimak, de Salvador, rima no raggamuffin “Tá Amarrado”. A rapper Lurdes da Luz está em “Seja Bem Vindo ao meu Lar”. E a surpresa está em “Planeta Diário”, em que Guilherme Arantes pontua as rimas dos três vocalistas, numa faixa que alerta para os problemas relacionados ao meio ambiente, tema pelo qual o cantor passou bastante em sua carreira. Aparecem ainda o reggae (especialmente o dub) e o afrobeat pelas outras faixas do disco de estreia, como as instrumentais “Sapoca uma de Cem” e “O Soco”.

Fonte: Coaxo do Sapo

Últimos Guias CDs