-

Pelos Trópicos

Andreia Dias

Guias / CDs - Pedro Henrique Araújo Publicado em 14/02/2013, às 12h39 - Atualizado às 12h43

Cantora forjou disco em vários cantos do país

É uma viagem. Para seu terceiro disco solo, Andreia Dias percorreu dez capitais brasileiras e em cada uma delas descolou uma parceria. O resultado disso é um álbum com 12 canções que passam por cidades tão diferentes como João Pessoa, São Luís, Belém, Recife, Fortaleza, Maceió, Aracaju, Natal, Salvador e Rio de Janeiro. Produzido em parceria com Arthur Kunz, Pelos Trópicos é uma ótima surpresa, especialmente por sua concepção. Em um estudo musical quase antropológico, Andreia se permitiu conhecer novos sons, cenas, diálogos, músicos e ritmos do Brasil afora, coisas que não são necessariamente conhecidas ao eixo Rio-São Paulo. Entre as faixas de destaque estão “Beijin na Nuca”, feita no Pará com Felipe Cordeiro, e “Bandoleiro”, idealizada no Ceará com Vitoriano. No Rio de Janeiro, a mistura com o Do Amor em “Xuxu Beleza” e com Thalma de Freitas em “Corpo e Mente” também funcionou. Andreia Dias ousou para lançar este projeto mais instigante e interessante. Palmas pra ela. E que outras cantoras estabelecidas utilizem o exemplo para se arriscar também.

Fonte: Scubidu Music

Últimos Guias CDs