-

Perigoso

Nasi

Guias / CDs - José Julio do Espirito Santo Publicado em 11/01/2013, às 16h21 - Atualizado às 16h23

Terceiro álbum solo do ex-vocalista do Ira! alterna covers e faixas autorais

No novo álbum de Nasi, a música negra ainda é uma influência patente. Se Vivo na Cena, lançado em 2010, é uma espécie de retrospectiva da carreira do cantor, Perigoso é um retrato do que ele é hoje. Nasi, que encarou a produção de seu próprio trabalho, alterna versões muito bem escolhidas e músicas inéditas. Ele ressuscita faixas da Jovem Guarda, como “Dois Animais na Selva Suja da Rua”, composição de Taiguara gravada por Erasmo Carlos em 1971, e “Não Há Dinheiro Que Pague”, transformando em deep funk um sucesso de Roberto Carlos de 1968. Em “Ori” e “Amuleto”, ambas compostas com o parceiro Johnny Boy, Nasi leva toda sua carga espiritual. Em outras, não deixa a ironia de lado. No country-rock que embala a faixa-título, Nasi narra a volta por cima depois de tantos problemas e, com uma voz cada vez mais áspera, canta que a vida não tem graça sem nenhuma crise.

Fonte: Coqueiro Verde

Últimos Guias CDs