Intérprete coloca voz em canções que versam sobre sua terra natal
divulgação

Raiz

Leila Pinheiro

Guias / CDs - ANTONIO DO AMARAL ROCHA Publicado em 13/02/2012, às 11h13 - Atualizado às 11h15

Intérprete coloca voz em canções que versam sobre sua terra natal

Leila se debruça agora sobre a música da sua terra, o Pará, em Raiz, que denota um retorno ao lugar de onde veio, gravando canções de compositores do Norte brasileiro. Não se trata de uma coleta de músicas que privilegie só a temática ecológica, o que até seria propício nestes tempos de discussões sobre a necessidade ou não da construção de usinas hidrelétricas em terras paraenses. Os sons das florestas e os rituais indígenas funcionam como pano de fundo, engrossando as percussões de Marco Bosco (como na instrumental “Karisú Muracê”) e os arranjos do maestro Paulo Calasans. Referências a Belém, às coisas da terra e mesmo um carimbó (“Canto de Atravessar”) estão presentes no projeto. Surpresa é o rap “Ditados Impopulares”, de Eliakin Rufino, que faz um dueto com Leila. Pagando sempre o seu tributo à bossa nova, a cantora ainda gravou duas canções de Tom Jobim como faixas bônus.

Fonte: Atração

Últimos Guias CDs