O ex-baterista dos Beatles segue em seu agradável roteiro discográfico
divulgação

Ringo 2012

Ringo Starr

Guias / CDs - CARLOS EDUARDO LIMA Publicado em 13/02/2012, às 11h05 - Atualizado às 11h08

O ex-baterista dos Beatles segue em seu agradável roteiro discográfico

Muita gente diz que Ringo era o beatle menos talentoso, que se deu bem na esteira do sucesso da banda ou qualquer outro absurdo desse naipe. O fato é que ele sempre foi muito mais entertainer que músico, o que também não o desmerece como baterista, ao contrário do que a maioria pode pensar. O fato é que este é o 17º da carreira e, a exemplo dos últimos Liverpool 8 (2008) e Y Not (2010), mantém um bom nível ao longo de suas nove faixas. Há covers, como “Think It Over”, de Buddy Holly, convivendo em harmonia com canções antigas do próprio Ringo, “Step Lightly”, do disco homônimo de 1973, e “Wings”, de Ringo the 4th (1978). Dentre as novas canções, chama a atenção “Samba”, um rock com tinturas reggae, honesto e simpático. Ringo produziu e gravou em Los Angeles com participações de cupinchas como Van Dyke Parks, Kenny Wayne Shepherd, Dave Stewart, Benmont Tench, Joe Walsh, Don Was e Edgar Winter. A exemplo de sua All Starr Band, este novo disco do narigudo é um bom espécime de rock setentão, sem firulas e fiel às tradições.

Fonte: Universal/Hip-O

Últimos Guias CDs