<b>SEMPRE ATENTO</b> Santana chamou novos nomes para colaborar com ele
DIVULGAÇÃO

Santana

Guias / CDs - Redação Publicado em 14/10/2010, às 17h19 - Atualizado às 17h19

Santana

Guitar Heaven: The Greatest Guitar Classics of All Time

Sony/BMG

Podem falar o que quiser sobre os discos de Carlos Santana desde Supernatural (1999). Que eles são pop demais, meio frouxos ou não têm nada a ver com o passado glorioso do mexicano. Não dá pra dizer, no entanto, que Santana não é um cara atento ao que ocorre com o mainstream deste milênio. Santana aqui regravou clássicos do rock com vários convidados. O resultado convence, tirando a infeliz escalação do rapper Nas para a execução sumária de “Back in Black”, do AC/DC. São corretas as versões para “Whole Lotta Love” (do Led Zeppelin, aqui com os vocais de Chris Cornell) e “Sunshine of Your Love” (do Cream, agora com os vocais de Rob Thomas, o mesmo que deu voz ao maior hit de Santana na década passada, “Smooth”), enquanto o resgate de Joe Cocker para interpretar “Litlte Wing”, de Jimi Hendrix, só mostra o quão gasta está sua voz. Há três momentos luminosos neste tributo, cada um por motivos distintos: a versão para “While My Guitar Gently Weeps”, dos Beatles, com vocais de india.arie, cello de Yo-Yo Ma; já “Get It On”, do T.Rex, tem uma performance surpreendente do sumido Gavin Rossdale. O troféu, no entanto, vai para a presença junkie de Scott Weiland, sentindo-se em casa em “Can’t You Hear Me Knocking”, joia dos Rolling Stones na fase do álbum Sticky Fingers.

Carlos Eduardo Lima

Últimos Guias CDs