setembro

Setembro

Junio Barreto

Guias / CDs - PEDRO HENRIQUE ARAÚJO Publicado em 07/11/2011, às 12h09 - Atualizado às 12h16

Sete anos depois, cantor pernambucano grava álbum com beleza e malícia

Com sua voz cheia de sotaque e peculiaridades, Junio é cantor de samba, mas também se encaixa bem no bolero ou no iê iê iê. Sob a tutela do talentoso baterista (e cada vez mais requisitado também como produtor), Pupillo, da Nação Zumbi, o disco chega aos ouvidos sem estranhamento. Com mil participações, é quase uma república pernambucana em dez faixas. Entre os convidados estão Jorge Du Peixe e Dengue, também da Nação, o pianista Vitor Araújo, os integrantes do Mombojó e a Orquestra Experimental de Corda e muitos outros como Seu Jorge, Céu, Marina de la Riva, Luísa Maita, Dudu Tsuda, Gustavo Ruiz e Junior Boca. O Caymmi de Caruaru – apelido adquirido pela demora entre os discos e pela voz grave – mostrou, porém, que toda a espera será recompensada. Elegante e maduro, o disco tem alguns clássicos em potencial, como o abre-alas “Serenada Solidão” e a psicodélica “Setembro”, marcada pelo teclado de Chiquinho, do Mombojó e Junior Boca.

Fonte: Independente

Últimos Guias CDs