Sheezus

Sheezus

Lily Allen

Guias / CDs - Mariana Tramontina Publicado em 15/07/2014, às 11h33 - Atualizado em 17/07/2014, às 15h00

A voz suave e o jeito gracioso de Lily Allen nunca foram exemplo de doçura. Uma das artistas mais ácidas da música pop, dona de declarações críticas cheias de sarcasmo, ela ficou longe da música por cinco anos para criar as duas filhas. Durante esse tempo, Lily gerou também o terceiro álbum da carreira dela, Sheezus. As ironias e as frases de efeito estão de volta no novo disco, a começar pelo título, uma brincadeira confessa com o controverso Yeezus (2013), de Kanye West. Em outro momento, Lily cutuca estrelas frequentes das paradas e cita nominalmente Rihanna, Katy Perry, Beyoncé, Lorde e Lady Gaga. Mas o que poderia soar sagaz passa a ideia de ingenuidade, como se ela tentasse criar polêmicas apenas para virar assunto. Musicalmente, o disco é uma repetição do que já foi feito anteriormente, com um mix de pop chiclete, R&B, hip-hop, música eletrônica e até um pouco de country. Na faixa de abertura, ela se entrega: “Não posso voltar, pegar o microfone e fazer a mesma coisa”. Então, ficou devendo: em Sheezus, Lily Allen tenta ser um pouco de tudo, mas acaba sendo nada.

Fonte: Warner

Últimos Guias CDs