Divulgação

Thiago Pethit

Guias / CDs - Redação Publicado em 07/04/2010, às 04h50 - Atualizado às 11h55

Thiago Pethit

Berlim, Texas

Independente

Viagem melancólica do trovador paulistano tem rumo musical certeiro

O disco se chama Berlim, Texas, mas na viagem sentimental de Thiago Pethit há escala em Paris. Cantada em francês, “Voix de Ville” é a faixa que mais bem traduz o clima de cabaré que pontua o primeiro álbum deste cantor e compositor paulistano, revelado em 2008 com o EP Em Outro Lugar. Neste cabaré de primeira classe, Pethit afoga suas mágoas num tom de delicadeza romântica que lembra o som de Tiê, sua prima-irmã musical. Afina melancolia destilada em temas autorais – cantados ora em português, ora em inglês – indica que Pethit está perdido sem conexão com o ser amado. “Descreva pra mim sua latitude/ Que eu tento te achar no mapa-múndi”, suplica em “Mapa-Múndi”. Dividida com Hélio Flanders, do Vanguart, “Forasteiro” reitera a procura da rota existencial. Mas o rumo musical deste primeiro álbum do viajante, traçado pelo produtor Yuri Kalil (do Cidadão Instigado), já parece bem definido. Entre a partida e a chegada, Pethit se revela um moço de fino trato.

Mauro Ferreira

Últimos Guias CDs