Tom Zé - Estudando A Bossa - Nordeste Plaza

Guias / CDs - Redação Publicado em 11/12/2008, às 20h14 - Atualizado às 20h15

Tom Zé

Estudando A Bossa - Nordeste Plaza

Biscoito Fino

Escolado em samba e pagode, o mestre mostra o que aprendeu sobre a bossa

Depois da "pós-canção" de seu álbum anterior, "Danç-êh-sá", Tom Zé retoma melodia e letra para homenagear a bossa nova. Pegando carona na efeméride dos 50 anos do movimento, o músico que já havia lançado em 1976 o obrigatório Estudando o Samba, e Estudando o Pagode em 2005, lança agora Estudando a Bossa. Seus galanteios à aniversariante desfilam sem ufanismo pelas 14 canções deste disco, que tem em David Byrne a voz masculina em meio às muitas convidadas, como Fernanda Takai, Zélia Duncan e Marina De La Riva – afinal, "há algo mais feminino que as síncopes da bossa nova?", questiona Tom no encarte. A inventividade do compositor engendra letras que combinadas às belas melodias, criam canções extremamente "cantáveis" (terminologia dele próprio), como "Síncope Jãobim" ("Venha de síncope, meu bem/isso dá mão/no bole-bole do João"). Ótimas também são as parcerias com Arnaldo Antunes nas letras de "Rio Arrepio (Badá-Badi)", "Barquinho- Herói", "Filho do Pato" e "Mulher de Música". O gênio de Irará dá mostras de que está em um de seus melhores momentos.

Tiago Lins

Últimos Guias CDs