Vander Lee - Faro

Vander Lee

Guias / CDs - Redação Publicado em 11/06/2009, às 11h34 - Atualizado às 15h54

Vander Lee

Faro

Deckdisc

Vander lee é um cara legal. Um compositor legal, quero dizer. Também como intérprete das próprias canções ele é um cara legal. E suas canções são também legais. Ele tem facilidade em rimar, fazer melodias que “grudam” no bom sentido e o resultado é legal. Vander passeia pelo baião, reggae, samba, folk e baladas. As mulheres da MPB já descobriram o mineiro, entre elas, Gal Costa, Leila Pinheiro, Elza Soares, Alcione e Rita Ribeiro. Em sua composição ouvem-se ecos de Djavan, tanto na poesia, com jogos de palavras, como na forma de interpretar. Não, não quero dizer que ele copie Djavan. Vander Lee tem um timbre legal, próprio e personalidade. No sexto disco da carreira, só uma canção não é de sua autoria – “Ninguém Vai Tirar Você de Mim” (Edson Ribeiro e Hélio Justo) – gravada impecavelmente por Roberto Carlos em 1968. Wander se sai bem, mas nem precisava incluí-la. Outra novidade é a parceria póstuma com Cartola em “Obscuridade”. Este Faro deverá colocar Vander Lee no lugar de ótimo criador de melodias que ele é.

ANTONIO DO AMARAL ROCHA

Últimos Guias CDs