Jay-Z e Kanye West

Watch the Throne

Jay-Z e Kanye West

Guias / CDs - EDUARDO RIBAS Publicado em 08/09/2011, às 11h58 - Atualizado às 12h02

Megastars do rap juntam forças e acertam nas rimas e nas batidas

Quando dois grandes nomes da música se unem, a expectativa é por um álbum que seja fora de série. E isso não seria diferente com os poderosos Jay-Z e Kanye West. Ambos vinham de sucessos individuais recentes: o primeiro com o The Blueprint 3 e, o segundo, com My Beautiful Dark Twisted Fantasy. Egocêntricos, constataram que são reis em seus segmentos e assim tinham a obrigação de ficarem atentos a seus respectivos tronos. Fizeram isso com mérito, trazendo ao CD samples de fácil reconhecimento – Otis Redding, Nina Simone, recortes de James Brown –, além de poucas, mas certeiras participações como a de Frank Ocean (cantor do hypado Odd Future). Kid Cudi, La Roux e Mr. Hudson, do estafe dos selos musicais dos donos do CD, também marcam presença. Mas é justamente a mais óbvia parceria que já salta aos ouvidos: “Lift Off”, faixa que traz Beyoncé, com pegada mais pop e abusando dos vocais potentes da diva e esposa de Jay-Z. Na produção, um time invejável com o próprio Kanye em ótima forma, Swizz Beatz, Q-Tip (A Tribe Called Quest), Pharrell Williams e RZA (Wu Tang Clan). A unidade do álbum se deve à qualidade das batidas e à levada fluente das rimas, sem muito espaço para firulas. Prova disso é “That’s My Bitch”, que aumenta as batidas por minuto, tornando-se perfeita para uma batalha de breakdance com Justin Vernon, do Bon Iver, no refrão.

Fonte: Universal

Últimos Guias CDs