Divulgação

Whitesnake

Guias / CDs - Redação Publicado em 06/05/2011, às 11h43 - Atualizado às 11h43

Whitesnake

Forevermore

Frontiers

Veterano do hard rock prova que consegue envelhecer dignamente

David Coverdale é um homem de respeito: prestes a completar 60 anos, ainda canta de forma absurda; lança um álbum em plenos anos 2000 focado em um estilo vindo dos anos 80 e, mesmo assim, consegue soar relevante e não datado à frente do Whitesnake. Forevermore é um trabalho de hard rock musculoso, o que fica explícito em “Steal Your Heart Away”, “All Out of Luck” e “Love Will Set You Free”. Até mesmo as baladas escaparam quase intactas às camadas adocicadas dos teclados, que estao no limite entre o belo e o brega, como em “Fare Thee Well”. Mas é “My Evil Ways” quem dá o panorama geral. É uma canção sexy não somente para as groupies que hoje já estão na casa dos 40, mas também para uma geração do hard rock que nasceu após o último suspiro do estilo. A faixa tem vigor e malícia instrumental para sustentar a declaração de Coverdale: “Eu sempre fui um filho da mãe”. Classe é isso aí.

GUSTAVO SILVA

Últimos Guias CDs