Divulgação

Clássicos Trash

Guias / DVDs - Redação Publicado em 07/02/2011, às 14h26

Nem sempre cinema antigo é sinônimo de filme clássico. Muita podreira era produzida há décadas atrás. Com o tempo, viram cult. Filmes baratos de propaganda alertando sobre consumo de drogas eram muito comuns. O mais conhecido deles é A Erva Maldita (Reefer Madness), de 1936. Dirigido por Loius J. Gasnier, o filme flagra os traficantes de maconha Mae e Jack que levam um grupo de adolescente para seu apartamento. Lá, rola uma festa muita louca (para os padrões dos anos 30) aditivada pela erva. Tudo é muito falso e exagerado, e hilariante. A Erva Maldita aparece em sua versão original P&B e colorizada. E vale assistir com os comentários sarcásticos do comediante Mike Nelson, do programa cult Mystery Science Theater. Filmes sobre criaturas normais que crescem depois de serem expostas a radiação também eram comuns. O Gigante Monstro Gila (1959), dirigido por Ray Kellogg, é também bem lembrado. Um lagarto Gila monstruoso aterroriza uma cidadezinha do Texas. Cabe aos xerifes caipiras e adolescentes desocupados darem cabo no bicho. Atuações ruins e efeitos especiais piores ainda elevam o filme a um autêntico clássico do gênero. Essa produção também foi colorizada. Os DVDs saem pela Focus.

PAULO CAVALCANTI

Últimos Guias DVDs