Filme que espelhou tempos violentos mantém-se relevante e ganha edição especial

Clube da Luta

David Fincher

Guias / DVDs - Hamilton Rosa Jr. Publicado em 14/08/2014, às 16h23 - Atualizado às 16h38

Alguns ainda torcem o nariz, mas é fato: Clube da Luta, baseado no livro homônimo de Chuck Palahniuk, é um filme que influenciou toda uma geração. E nesta caixa com um Blu-ray cheio de extras o diretor David Fincher e os astros Brad Pitt e Edward Norton voltam no tempo para examinar as controvérsias que provocaram. Ainda hoje, o Clube que o personagem Tyler (Pitt) inventa para os amigos desafogarem as mágoas dando e levando socos é visto por uma parcela do público como fascista. Mas, no fundo, Tyler não é um monstro, nem o personagem de Norton é um santo. São humanos e ambíguos. E é isso que inquieta e incomoda. Estamos longe, aqui, da fantasia maniqueísta e apaziguadora, mas muito próximos do debate. Sabe-se que Fincher, em alguns momentos, instruía os atores a exporem as contestações dos personagens olhando para a câmera, ou seja, para o público, rompendo a encenação, para nos incluir no centro da discussão. Isso não só é uma ideia completamente contrária ao fascismo, movimento que prega uma única maneira de ver e de ser, mas dá uma demonstração do quanto Fincher acredita no poder de pluralidade do cinema.

Fonte: Fox

Últimos Guias DVDs