Divulgação

Condor

Guias / DVDs - Redação Publicado em 06/06/2011, às 15h58 - Atualizado às 16h00

Documentários retratam a ditadura militar no Brasil e seus reflexos

O novo selo canal brasil lança dois documentários que jogam luz na ditadura militar e seus reflexos sociais. Condor, produzido, dirigido e escrito por Roberto Mader, resgata os horrores da Operação Condor, a cooperação entre os governos militares sul-americanos que resultou no sequestro e assassinato de milhares de pessoas. O filme é rico em detalhes e informações, com bons depoimentos de figuras como o general Manoel Contreras (o braço direito do ditador chileno Augusto Pinochet) e o ex-ministro Jarbas Passarinho. Com locações também na Argentina, no Chile e no Uruguai, o documentário conquistou o prêmio especial do júri no Festival de Gramado 2007, além do prêmio de qualidade artística para Victor Biglione, que compôs uma trilha sonora emocional, por vezes piegas. Já Esse Homem Vai Morrer revela um reflexo dos tempos do governo militar brasileiro, a ocupação irresponsável da região Norte e o decorrente poder impune dos latifundiários, que ainda eliminam seus inimigos. O filme fala de uma lista de 14 pessoas marcadas para morrer no sul do Pará, dos anos 70 para cá. A produção abre e fecha com monólogos emocionados da coprodutora Dira Paes. Ambos os filmes levam a incômodas conclusões: Condor questiona o fato de o Brasil até hoje não ter ainda aberto todos os arquivos da ditadura; e Dira conclui o outro repetindo ‘Irmã Dorothy vai morrer!’, alusão a Dorothy Stang, religiosa norte-americana assassinada em 2005 por latifundiários. A crônica da morte anunciada não foi ouvida.

CHRISTIAN PETERMANN

Últimos Guias DVDs